sábado, 17 de junho de 2017

“La Jeunesse de Blueberry” nº 17 “Le Sentier des larmes”

Capa. N. C.: Tenente Blueberry, sargento Grayson,
xamã John Bear’s Fingers e índios Cherokee


Prancha 1. 


Prancha 2. 


Prancha 3. 


Prancha 4. 


Prancha 5. 


Contracapa.

Ficha técnica

“Le Sentier des armes”
“O Caminho das Lágrimas”
Roteiro: François Corteggiani
Desenhos e capa: Michel Blanc-Dumont
Cores: Claudine Blanc-Dumont
Volume: 17
Ano de publicação: 2008
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11,99 €
Formato: 22,5x29,5 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Edição: Anotado “Primeira edição”.

Fonte: Dargaud Éditeur e Bedetheque.


N. C.: A dedicatória da página 2:

Para meu amigo Georges Ramaïoli, índio francês de coração e verdadeiro homem da fronteira.

F. Corteggiani

N. C.: Georges Ramaïoli, desenhista e roteirista francês de história em quadrinhos. Como roteirista, ele assina os seus álbuns com o pseudônimo de Simon Rocca.


Blueberry, acompanhado de seus fiéis acólitos e de um xamã índio sujeito a visões terrificantes, está sobre a pista de um trem recheado de ouro. Mas uma horda de Confederados está igualmente à procura dessa fortuna que poderia mudar o destino dessa imensa carnificina que foi a Guerra de Secessão. Cavalgadas, batalhas, duelos e perseguições são conduzidos à mão de mestre por um Michel Blanc-Dumont no ápice de sua arte e um François Corteggiani que se diverte em desdobrar toda a panóplia roteirística do grande Charlier.

Fonte: Dargaud Éditeur.





Em 2008, quando da publicação do segundo álbum desse díptico, a editora Dargaud publicou o estojo La Jeunesse de Blueberry tomes 16 et 17 – Aventure complete (“Aventura Completa”) contendo os volumes 16 e 17 e um baralho com o rei (Blueberry), a rainha (Éléonore Mitchell, extraída da capa do álbum “Le Dernier train pour Washington”), o valete (um índio Cherokee) em todos os naipes, dois coringas (um preto e um vermelho, ambos com outro desenho de Blueberry) e o verso das cartas com a ilustração de Blueberry publicada nas contracapas dos volumes, da série “La Jeunesse de Blueberry”, de autoria de François Corteggiani e Michel Blanc-Dumont.

A capa do estojo é composta por uma montagem com extratos dos quadrinhos 1 (a ponte de Roebling (1), “Suspension Bridge”, ligando os Estados Unidos ao Canadá, próxima às cataratas do Niágara) e 4 (Blueberry) da prancha 24 de “Le Sentier des larmes”. A contracapa apresenta uma montagem do quadrinho 1 da prancha 13 de “Le Sentier des larmes”, os títulos e as capas dos dois volumes e o seguinte texto (o mesmo do resumo da editora Dargaud para “Le Sentier des larmes”):

Blueberry, acompanhado de seus fiéis acólitos e de um xamã índio sujeito a visões terrificantes, está sobre a pista de um trem recheado de ouro. Mas uma horda de Confederados está igualmente à procura dessa fortuna que poderia mudar o destino dessa imensa carnificina que foi a Guerra de Secessão.

Cavalgadas, batalhas, duelos e perseguições são conduzidos à mão de mestre por um François Corteggiani e um Michel Blanc-Dumont no ápice de sua arte.

A ilustração da página de guarda dos álbuns da série “La Jeunesse de Blueberry, de François Corteggiani e Michel Blanc-Dumont, compõe os versos da capa, da contracapa e das orelhas e o fundo das orelhas, em cujas estão um índio Cherokee (quadrinho 8 da prancha 3 de “Le Sentier des armes”) e o xamã John Bear’s Fingers (extraído invertido da capa do mesmo álbum).

N. C.: 1) John Augustus Roebling, nascido Johann August Röbling, foi um engenheiro civil alemão que imigrou para os Estados Unidos. É famoso por seus projetos de pontes suspensas com cabos de aço, em particular o projeto da Ponte do Brooklyn. Fonte: Wikipédia.


A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.

Fonte das imagens: BDfugue: capa, pranchas 1, 2, 3, 4, 5 e contracapa. Afrânio Braga: estojo La Jeunesse de Blueberry tomes 16 et 17 – Aventure complète.

La Jeunesse de Blueberry nº 17 Le Sentier des larmes © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur 2008
La Jeunesse de Blueberry tomes 16 et 17 – Aventure complete © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur 2008


Afrânio Braga